Enquanto correm os preparativos para a próxima Manifesta (exposição bienal que escolhe uma nova cidade europeia para sediar o evento a cada nova edição), no. 13, em Marselha, na França, a organização divulgou sua próxima parada, em 2022. A cidade de Pristina, capital da República do Kosovo, a nação mais jovem do continente, foi escolhida como epicentro da mostra.

A direção da Manifesta selecionou a cidade por sua localização geográfica, assim como por sua importância geopolítica nos Bálcãs e na história europeia recente. Pristina vem passando por transformações radicais em sua paisagem como consequência de políticas neoliberais de privatização dos espaços urbanos. A Manifesta, assim, pretende apoiar a população do país em seu desejo de retomar o espaço público e reescrever o futuro da cidade como uma metrópole aberta e progressista no coração dos Bálcãs.

Compartilhar