A obra da dupla Allora & Calzadilla (Jennifer Allora, Filadelfia, 1974; Guillermo Calzadilla, Havana, 1971) reside na intersecção entre vídeo-instalação, performance e escultura. A exposição apresentada no Guggenheim Bilbao, concebida especialmente para a sala 103 do museu, articula 3 peças em um conjunto que exemplifica a consistência e a diversidade do trabalho dos artistas.

A obra que dá nome à mostra, La campana, la excavadora y la farmacia tropical (The Bell, the Digger, and the Tropical Pharmacy, 2013), documenta de modo impactante a demolição de uma das fábricas industriais pertencentes a companhias farmacêuticas estadounidenses mais importantes da ilha de Porto Rico, onde vivem os artistas. Este acontecimento exemplifica a profunda assimetria do marco econômico e político da excepcionalidade colonial, caracterizada pela fuga desenfrenada de capital de um território “não incorporado” e pela escassa responsabilidade corporativa na exploração dos recursos locais.

Em conjunto, as 3 obras que constituem La farmacia tropical formam un exemplo paradigmático do procedimento de Allora & Calzadilla – eles transformam, sobrepõem, e reinventam as funções dos objetos cotidianos em situações limite. Com um impulso transformador, sus obras são, às vezes, uma reação ante ao desespero material e uma tentativa de reativar a esperança.

Allora & Calzadilla: La farmacia tropical
Curadoria: Manuel Cirauqui
Abertura: 15/03
Visitação: até 23/06/19; terça a domingo, 10h-20h
Guggenheim Bilbao: Abandoibarra et.2, 48001, Bilbau. Ingressos: €16