A edição de 2019 da feira Art Basel Hong Kong apresenta 243 galerias de mais de 30 países e territórios. Enfatizando o compromisso da Art Basel com a região, perto de metade das galerias participantes tem espaços expositivos na Ásia e no Pacífico Asiático. A feira oferece um panorama da diversidade artística da região, tanto por meio de produções históricas quanto de trabalhos inovadores e vanguardistas de artistas estabelecidos e emergentes.

Este ano a feira é dividida em 7 setores. Galleries apresenta as principais galerias de arte moderna e contemporânea do mundo, exibindo pinturas, esculturas, desenhos, instalações, fotografias, vídeos e obras digitais dos séculos XX e XXI. Insights traz projetos de galerias baseadas na Ásia e no Pacífico Asiático que representam artistas dessas regiões – da Turquia à Nova Zelândia, passando pelo Oriente Médio e Índia. Os stands também incluem projetos individuais, resgates históricos excepcionais e exposições temáticas. Discoveries  é uma uma plataforma potente para lançar artistas contemporâneos emergentes, exibindo obras de uma próxima geração de talentos ainda nos primeiros anos de carreira. As galerias apresentam trabalhos criados especialmente para o evento.

A seção Kabinett apresenta exposições curadas, incluindo coletivas temáticas, mostras históricas e individuais de artistas em ascensão. Encounters é uma área com curadoria de Alexie Glass-Kantor, dedicada a esculturas de grande escala e trabalhos instalativos de importantes artistas do mundo todo – para o público, a seção é uma oportunidade única de conhecer obras que transcendem os stands tradicionais das feiras. Film tem curadoria de Li Zhenhua, diretor e fundador do Beijing Art Lab, e oferece uma interessante programação de curtas e sessões especiais por e sobre artistas. Por fim, o setor Magazines reúne publicações sobre arte de todos os continentes, em stands individuais e coletivos.

 

Compartilhar