Concebida como uma composição harmônica de luz, energia e som, “….the Illuminating Gas” é a maior exposição solo de Cerith Wyn Evans e apresenta uma seleção de 25 trabalhos – esculturas mais antigas, instalações monumentais complexas, e novas produções – oferecendo aos visitantes uma experiência sinestésica única.

A partir da década de 1990, o artista abandonou completamente o filme, e concentrou-se em criar esculturas, instalações, fotografias e instalações site-specific ou performativas, que são caracterizadas pelo uso de elementos efêmeros como luz e som, bem como pela centralidade da dimensão temporal na experiência de um trabalho. A pesquisa de Cerith Wyn Evans foca na linguagem e percepção, na potência da palavra e da comunicação, questionando nossa própria noção de realidade.     

Em sua elegância e equilíbrio formal, suas obras se baseiam num complexo corpo de referências e citações – da literatura, música, filosofia, fotografia, poesia, história da arte, astronomia e ciência – que são recusados em novas formas através de um processo articulado de transformação. Esta operação ocorre tanto através do uso de materiais texturizados que são descontextualizados e traduzidos a uma linguagem de luz – por exemplo, na forma de sinais de néon, fogos de artifício ou pulsos de luz – e transpõe em esculturas as imagens de artistas do passado – como Marcel Duchamp – ou os movimentos de atores no teatro Noh japonês, como na série Neon Forms (after Noh) (2015 – 2019). 

Cerith Wyn Evans: ….the Illuminating Gas
Abertura: 30/10/19, 19h
Visitação: até 23/02/2020; quinta a domingo, 10h-22h
Pirelli HangarBicocca: 
Via Chiese 2, 20126, Milão. Entrada gratuita