No segundo semestre, entre 17/08 e 15/11, o MAM São Paulo realizará, com o patrocínio da Movida aluguel de carros, a nova edição do Panorama da Arte Brasileira. “Sertão” foi o conceito proposto pela curadora Júlia Rebouças para nortear o 36º Panorama, do qual participarão 29 artistas. Após um extenso processo de pesquisa e viagens por todas as regiões do Brasil, incluindo cidades como Cachoeira (BA), Recife (PE), Brasília (DF), Florianópolis (SC), São Paulo e a região do Cariri cearense, a curadora convidou artistas que se relacionam com o conceito, entendendo a própria arte como “sertão” – em sua instância de experimentação e resistência –, deixando, portanto, de lado o viés geográfico facilmente associado à palavra.

Transformações da sociedade brasileira, religiões, violência policial, identidade de gênero, preconceito racial e meio ambiente são alguns dos temas que aparecem nas fotografias, pinturas, instalações, performances, vídeos, esculturas e objetos deste Panorama. Os artistas selecionados estão em início ou meio de carreira, com produções que apontam para territórios especulativos que dão sentido à ideia de sertão, além de artistas maduros, com obras que merecem ser revisitadas à luz dos debates propostos.

Os nomes selecionados são: Ana Lira, Ana Pi, Ana Vaz, Antonio Obá, Coletivo Fulni-ô de Cinema, Cristiano Lenhardt, Dalton Paula, Daniel Albuquerque, Desali, a dupla Gabi Bresola & Mariana Berta, Gê Viana, Gervane de Paula, Lise Lobato, Luciana Magno, Mabe Bethônico, Mariana de Matos, Maxim Malhado, Maxwell Alexandre, Michel Zózimo, Paul Setúbal, Rádio Yandê, Randolpho Lamonier, Raphael Escobar, Raquel Versieux, Regina Parra, Rosa Luz, Santídio Pereira, Vania Medeiros e Vulcanica PokaRopa.