Em meio às celebrações de quinze anos de trajetória, a SP-Arte anuncia a estreia de um setor curado inédito na próxima edição da Feira, que acontece de 3 a 7 de abril no Pavilhão da Bienal. O setor OpenSpace rompe com o formato clássico dos estandes e leva trabalhos de arte para o lado de fora do Pavilhão, no Parque Ibirapuera.

Com curadoria de Cauê Alves, diretor do MuBE (Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia), o setor funciona tal como um parque de obras de arte, convidando os visitantes do Festival a transitar pelo exterior do prédio de Oscar Niemeyer. Na Praça das Bandeiras, uma das principais entradas para o Pavilhão, outros trabalhos fazem a conexão entre o que está do lado de fora e todo o universo de obras no interior da Feira.

Compartilhar