Membros da família Sackler, que é dona da farmacêutica Purdue Pharma (fabricante da droga opiácea OxyContin), são alvo de processo judicial desencadeado pelo procurador geral do estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. Alega-se que a família teve um papel muito mais ativo do que se pensava na crise de drogas e abuso de Oxy no país, como descoberto em um email de 2001. A artista Nan Goldin fundou o grupo PAIN Sackler para protestar contra a falta de controle sobre a prescrição da droga e responsabilizar os Sackler pela crise.

Compartilhar