O empresário e colecionador João Carlos de Figueiredo Ferraz, alegando problemas de saúde, antecipou sua saída da presidência da Fundação Bienal (responsável pela segunda mais importante exposição bienal do mundo, em São Paulo). O cargo agora será ocupado pelo colecionador José Olympio Pereira, presidente do banco Credit Suisse e membro dos conselhos das principais instituições de arte no Brasil e no mundo.