A Central Galeria apresenta “Erosões”, individual de Gisele Camargo com texto crítico de Sergio Martins. Gisele Camargo é do Rio de Janeiro mas hoje mora na Serra do Cipó, em Minas Gerais. Sua nova exposição traz a imersão da artista nas erosões naturais que encontra no meio das montanhas do cerrado mineiro.

Parede paisagem, as erosões levaram a artista a pensar na pintura como uma paisagem que esta se formando e modificando diariamente; mudança vagarosa no entanto radical; sedimentos, pedras, plantas e uma infinidade de elementos naturais se movem e, simultaneamente, o fundo da terra se mostra, na tentativa de se arrumar, de emergir à superfície e voltar ao seu lugar. Gisele vê as erosões do cerrado mineiro como um altar onde todas as forças estão expostas; um lugar que ao adentrar revela o seu todo e se faz compreender.

O processo das pinturas para essa exposição se conecta diretamente com a relação da artista com as erosões; o tempo que cada trabalho necessita, diversas pinturas se sobrepoem; são apagadas, raspadas e novamente cobertas de tinta. Na natureza, um processo repetição infinita, na tela a artista escolhe o fim; uma viagem em sua memória, das cores e densidades dessas “paredes” que buscam o sol.

Gisele Camargo: Erosões
Abertura: 03/08/19, 14h às 17h
Visitação: até 21/09/19; segunda a sexta, 11h-19h; sábado, 11h-17h
Central Galeria: Rua Bento Freitas, 306, São Paulo. Entrada gratuita