Nos dias 13, 14 e 15 de agosto, o IMS Paulista realizará o seminário Fotografia moderna? Fragmentos de uma história (Brasil, 1900-1960). O evento, que está com as vagas esgotadas, contará com a participação de pesquisadores nacionais e internacionais, como Sarah Meister, curadora do departamento de fotografia do MoMA, Esther Gabara, professora da Duke University, nos Estados Unidos, e Annateresa Fabris, professora titular aposentada da ECA USP, entre outros convidados. O seminário acontecerá no cineteatro do IMS Paulista.

A partir de abordagens inovadoras, os pesquisadores discutirão diferentes aspectos da produção fotográfica na primeira metade do século XX, especialmente as relações entre fotografia e modernidade no Brasil do período. O evento é organizado por Heloisa Espada, curadora do IMS, e Helouise Costa, professora livre-docente do MAC-USP. As discussões abordadas durante o seminário serão compiladas em uma publicação, com lançamento previsto para 2021.

O seminário terá início no dia 13 de agosto (terça-feira), às 14h, com uma apresentação das organizadoras. Às 14h30, Maurício Lissovsky, professor da pós-graduação em comunicação da UFRJ, falará sobre o livro Obra getuliana, uma publicação idealizada pelo governo de Getúlio Vargas, mas que acabou permanecendo inédita com o fim do Estado Novo, em 1946.

Em seguida, Danielle Stewart, doutora em história da arte pela City University of New York, discorrerá sobre um livro de fotos da cidade de São Paulo, idealizado pela fotógrafa Alice Brill e nunca publicado. As imagens retratavam a população negra e operária da metrópole, em um contraponto à imagem oficial da cidade.

Neste dia ainda, Eduardo Augusto Costa, doutor em história pela Unicamp, tratará do papel da fotografia na divulgação da arquitetura moderna brasileira nos anos 1940 e 1950. Helouise Costa abordará os diferentes lugares e modos de exibição da fotografia na primeira metade do século XX no Brasil. Sarah Meister tratará da incorporação da fotografia brasileira ao acervo do MoMA, dos anos 1940 até o presente.

No dia 14 de agosto (quarta-feira), as atividades começam às 14h30, com uma fala de Tadeu Chiarelli sobre a presença da fotografia no cotidiano das famílias burguesas brasileiras no começo do século XX. Na mesma sessão, Adriana Martins Pereira, doutora em história social pela USP, debaterá a popularização das câmeras Kodak durante a primeira metade do século XX no Rio de Janeiro.

Em seguida, Iara Schiavinatto, professora do Instituto de Artes da Unicamp, comentará a obra do fotógrafo Valério Vieira, a partir das redes de sociabilidade que estabeleceu em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde transitou entre a elite letrada, os artistas e os políticos. O pesquisador Fábio D’Almeida, pós-doutorando na FAU-USP, discutirá o início do pictorialismo no Brasil, situando-o já no final do século XIX. Alise Tifentale, doutoranda em história da arte na City University of New York, falará sobre a presença brasileira na Federação Internacional de Arte Fotográfica (Fiap) entre 1950 e 1965.

No dia 15 de agosto (quinta-feira), a programação inicia às 14h30, com a apresentação de Annateresa Fabris. Ela analisará as fotomontagens e decupagens do poeta Jorge de Lima e a recepção crítica de sua produção. Na mesma mesa, Heloisa Espada falará sobre a fotografia do filme Limite (1931), de Mário Peixoto, feita por Edgar Brazil.

Na sessão seguinte, Luciana Martins, professora no Birkbeck, Universidade de Londres, discorrerá sobre o arquivo visual do casal Claude Lévi-Strauss e Dina Dreyfus, produzido em expedições no Brasil. A pesquisadora ressaltará a importância do papel desempenhado por Dreyfus na produção de imagens durante os trabalhos de campo de Lévi-Strauss.

Thiago Gil, doutor em história da arte pela USP, debaterá as reflexões do modernista Oswald de Andrade a respeito da fotografia. O seminário encerrará com a apresentação de Esther Gabara, professora associada da Duke University. Ela examinará as fotografias produzidas por Mário de Andrade e seus textos sobre o tema.

Seminário: Fotografia moderna? Fragmentos de uma história (Brasil, 1900-1960)
Datas:
13, 14 e 15 de agosto
IMS Paulista: Avenida Paulista, 2424 – Cineteatro do IMS Paulista.

Compartilhar