Desde 2015 o artista Jeff Koons vem diminuindo o número de funcionários em seu estúdio. Conhecido por trabalhar com equipes imensas, que chegavam a uma centena de colaboradores, Koons cortou radicalmente seus assistentes em um movimento que também inclui a mudança de endereço de seu ateliê. Os cortes apontam para uma tendência de automatização da força de trabalho do estúdio, contando com máquinas no lugare de pessoas. Em janeiro, mais de 30 funcionários da área de pintura foram demitidos.

Compartilhar