O designer Marc Jacobs – responsável até alguns anos atrás não só por sua própria marca autoral, mas também pela direção criativa da Louis Vuitton –, decidiu vender toda sua coleção de arte. Jacobs, que foi amigo de Jean-Michel Basquiat e de Francesco Clemente na década de 1980, começou a colecionar no início dos anos 2000, e constam em seu acervo outros nomes como John Currin, Elizabeth Peyton e Ed Ruscha. A venda foi motivada por uma mudança de casa, já que o estilista vai deixar o apartamento onde as obras estavam em Nova York e se mudar para uma casa desenhada pelo célebre arquiteto Frank Lloyd Wright. Com isso, sentiu a necessidade de “começar de novo”. A Sotheby’s será responsável por leiloar as obras em diferentes eventos de arte moderna e contemporânea da casa, entre 13 de novembro e 9 de dezembro.

Compartilhar