A exposição The Cleaner  no Museu de Arte Contemporânea de Belgrado representa o retorno de Marina Abramovic à sua cidade natal, onde sua carreira começou, e onde teve uma exposição individual pela última vez há 44 anos. Concebida em uma colaboração bem próxima com a artista, The Cleaner é a primeira grande retrospectiva européia da artista. Sua cronologia revisa todas as fases dos seus 50 anos de carreira, dos trabalhos no início dos anos 60 até os de hoje. A exposição apresenta mais de 120 obras, incluindo pinturas, desenhos, objetos, fotografias, trabalhos sonoros, vídeos, filmes, cenografia e materiais de arquivo. Entre os trabalhos expostos estão as obras antológicas de arte performática (Rhythms, 1973-1974; Lips of Thomas, 1975; Nightsea Crossing, 1982-1986), assim como trabalhos representativos do corpo de trabalho recente de Abramovic (Balkan Baroque, 1997; The House with the Ocean View, 2002; The Artist is Present, 2010).

O segmento ao vivo da exposição é apresentado através das re-performances dos trabalhos históricos de Marina Abramovic (solo e com Ulay). Performados diariamente por performers locais e internacionais, os visitantes do Belgrade poderão assistir a uma variedade de re-performances incluindo Art Must Be Beautiful, Artist Must Be Beautiful (1975), Imponderabilia (1977), Breathing In/Breathing Out (1977), Relation in Time (1977), Work Relation (1978), AAA-AAA (1978) e muitas outras. Além disso, a exposição incluirá obras que pedem a participação ativa do público.

Marina Abramovic: The Cleaner
Abertura: 21/09/19
Visitação: até 20/01/2020; domingo a quarta, 10h-18h; quinta a sábado, 10h-22h (fechado às terças)
Museum of Contemporary Art: Ušće 10, blok 15, 11000 Belgrado, Sérvia. Ingressos: €5.