A Trienal de Milão começa no dia 01/03 e para antecipar o grande evento, o ARTEQUEACONTECE preparou um roteiro com 10 das melhores instituições, museus e galerias da cidade para quem busca os destaques artísticos da cidade mais cosmopolita da Itália!

 

Pirelli Hangar Bicocca

Pirelli HangarBicocca é uma instituição sem fins lucrativos estabelecida em 2004, ocupando um antigo complexo industrial em Milão. Este é um centro de experimentação e descoberta com mais de 15 mil metros quadrados – um dos maiores espaços expositivos da Europa. Todo ano a instituição apresenta exposições individuais de artistas italianos e internacionais, com projetos concebidos sempre em diálogo com a arquitetura do local. Em cartaz, atualmente, está a imperdível mostra de Giorgio Andreotta Calò: CITTÀDIMILANO.

 

Fondazione Prada

A Fondazione Prada de Milão, projetada pelo célebre escritório de arquitetura OMA – liderado por Rem Koolhaas – expande o repertório de tipologias espaciais nas quais a arte pode ser exibida e compartilhada com o público. Marcada por uma articulação arquitetônica que combina sete prédios já existentes com três novas estruturas, a instituição ocupa o espaço de uma destilaria desativada na década de 1910. Atualmente, a fundação exibe um festival de cinema chamado “Soggettiva”.

 

Fondazione Nicola Trussardi

A Fondazione Nicola Trussardiis é uma instituição sem fins lucrativos que promove a cultura contemporânea, fundada em Milão em 1996. Não é um museu e nem uma coleção, mas sim uma agência para a produção e difusão de arte contemporânea em uma extensa gama de contextos e suportes. A programação é temporária e irregular, sendo preciso consultar se há algum projeto em cartaz antes da visita.

 

Fondazione Adolfo Pini

A Fondazione Adolfo Pini é uma instituição localizada na casa do pintor Renzo Bongiovanni Radice, transformada em museu para a exposição da coleção permanente de sua obra. A fundação também organiza mostras temporárias e programas públicos. Atualmente, está em cartaz a exposição SUMMERISNOTOVER, da artista bósnia Šejla Kamerić (até 08/03).

 

FM Centro per l’Arte Contemporanea 

FM Centro per l’Arte Contemporanea é um centro cultural dedicado à arte e a coleções que combinam todos os assuntos e funções relativos à conservação e à expansão de coleções privadas e espólios de artistas. Localizado no histórico complexo industrial de um frigorífico, Frigoriferi Milanesi, inclui uma área de exposição dedicada a coleções italianas e internacionais, galerias de arte contemporânea, um espaço para que os colecionadores exponham suas coleções ao público, além de organizar residências, programas públicos e mostras de cinema.

 

ICA Milano

O ICA Milano é um instituto dedicado a todas as artes, um órgão para a cultura contemporânea e um projeto de ecologia para a arte baseado no princípio de sustentabilidade e das relações interpessoais, seus contextos e o campo artístico. Foi criado pelo desejo e pelo trabalho de cinco pessoas que identificaram Milão como o lugar ideal para começar um projeto destinado à arte contemporânea. É uma fundação 100% privada mas com atuação pública. A fundação exibe atualmente a mostra “Apologia Della Storia – The historian’s craft”, com curadoria de Alberto Salvadori e Luigi Fassi.

 

Museo del Novecento

O Museo del Novecento, localizado dentro do Palazzo dell’Arengario, na Piazza del Duomo, abriga uma coleção de mais de 4 mil obras de arte que mapeiam e representam o desenvolvimento da arte italiana ao longo do século XX. Criado em 2010 com o propósito de ampliar o conhecimento sobre a produção do século passado, o museu oferece uma visão mais abrangente sobre as coleções que a cidade de Milão herdou ao longo dos anos.

 

PAC Milano

O PAC Milano foi inicialmente um pavilhão criado para receber as coleções municipais de arte do século XX, um destacamento da Galleria d’Arte Moderna de Milão. O museu foi aberto em 1954, mas logo em seguida passou a abrigar exposições que debatiam as produções internacionais, recebendo mostras temporárias. Depois de anos fechado ao público, o PAC reabriu em 1979, abandonando totalmente o papel de museu para se tornar permanentemente um espaço de exposições e experimentação de arte do século XX e contemporânea. “O Amor se faz Revolucionário”, mostra da ítalo-brasileira Anna Maria Maiolino, abre ao público no dia 29/03.

 

ArtLine Milano

ArtLine Milano é um projeto de comissionamento de obras públicas organizado pela própria administração da cidade de Milão, uma coleção a céu aberto em um parque público. ArtLine Milano oferece um percurso por mais de 20 obras permanentes, 8 delas selecionadas por meio de uma competição dedicada a artistas com menos de 40 anos, e outras realizadas por artistas internacionais. Entre os destaques estão a artista Shilpa Gupta,

 

Villa Panza

Localizada a uma hora de carro de Milão, em Varese, a Villa Panza é uma construção do século XVIII que abriga uma das maiores e mais importantes coleções de arte americana do século XX. Os anexos da vila abrigam instalações e obras site-specific impressionantes, com foco no elemento da luz, incluindo obras de Dan Flavin, Robert Wilson, Wim Wenders e James Turrell. Além disso, a instituição também tem obras de Land Art em seus jardins e no parque que a circunda.