Inés Katzenstein foi nomeada a diretora inaugural do Instituto de Pesquisa Patricia Phelps de Cisneros para Estudo de Arte da América Latina no MoMA. Inés, que já trabalhou no Museu previamente, também foi nomeada curadora de arte latino-americana. O Instituto foi criado em 2016 como uma das condições para que o MoMA recebesse uma doação, da Coleção Patricia Phelps de Cisneros (CPPC), de 102 trabalhos de abstração geométrica realizados na segunda metade do século XX por 37 artistas latino-americanos, 21 dos quais ainda não integravam a coleção do Museu.