A Baró Galeria apresenta a exposição “Campo Minado”, do artista paulistano No Martins, com curadoria de Hélio Menezes. A individual é composta por 10 trabalhos, entre pinturas, vídeos, instalações e objetos, que propõe um diálogo e análise da forma como os símbolos sociais interferem no direito singular de ir e vir em certas áreas das cidades.

A qualidade de seus trabalhos chama a atenção pela poesia, detalhamento e traço de suas criações. Mesmo se dedicando a analisar temas duros do cotidiano das grandes urbes, permite-se uma postura não radical, buscando a conscientização ao invés do ataque, pura e simplesmente. “As peças abordam questões de violência cotidiana que parte da população vivencia diariamente; ora uma violência por falta de acesso a determinados privilégios, ora a própria violência exercida nas ruas”, define o artista.