Noara Quintana é artista visual, nascida em Florianópolis. Através de práticas entre escultura, instalação e fotografia, seu trabalho explora a fronteira entre geometria, poética e política. Mestra em Artes Visuais pela Universidade Estadual Paulista – UNESP, graduou-se em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC e estudou Belas Artes na Universidade do País Basco – UPV/EHU, Espanha. Participou de diversas exposições, dentre elas no Museu de Artes de Ribeirão Preto, na Galeria Gentil Carioca e no Museu de Arte de Santa Catarina. Recentemente integrou programas de residência em São Paulo (Casa Tomada, Ateliê 397), Berlim (GlogauAIR), Angermünde (BetOnest) e Paris (Cité Internationale des Arts com EHESS – École des Hautes Etudes em Sciences Sociales, e suporte de Daniel & Nina Carasso Fondation).

As idéias de seus trabalhos surgem de gatilhos de algo que atraiu Noara seja pela estética, poesia, carga emocional, política, conceitual. Pode vir de um texto, conversa, imagem ou de uma experiência, que formam o desejo de criar e a faz entender o que precisa para concretizar sua ideia. Outras vezes o trabalho começa com experimentações em materiais que a artista estabelece um vínculo, gerando experimentações em seu ateliê que são menos previsíveis, dependentes da ação do material, de circunstâncias aleatórias e de cada micro decisão tomada diante dos resultados. 

 

Compartilhar