Jac Leirner ganha prêmio Wolfgang Hahn 

O 25º prêmio Wolfgang Hahn será outorgado à artista brasileira Jac Leirner. O Gesellschaft für Moderne Kunst am Museum Ludwig, em Colônia, na Alemanha, celebra há anos o prêmio como forma de homenagear artistas contemporâneos que tenham pouco reconhecimento no país. A premiação acontecerá em abril de 2019, quando o museu irá organizar uma grande mostra da artista. Leirner é a primeira sul-americana a receber o prêmio, que pode chegar a receber $115,000.

Foto: Maycon Lima

Pinacoteca apresenta concerto em parceria com OSESP

A Pinacoteca de São Paulo apresenta um concerto em parceria com a OSESP. Com interpretações inovadoras de obras de Schubert e Beethoven, a apresentação do Quarteto Osesp faz parte do programa Música na Pina, realizado no Átrio da Pina Luz. O concerto acontecerá dia 24/10, quarta-feira, às 19h30. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados 30 minutos antes do início.

Simone Leigh ganha Hugo Boss Prize 2018

No dia 18/10, Richard Armstrong (diretor do Solomon R. Guggenheim Museum and Foundation) e Mark Langer (CEO, HUGO BOSS AG) anunciaram que Simone Leigh foi a ganhadora do Hugo Boss Prize 2018. Leigh é a 12ª artista a receber o prêmio bienal, estabelecido em 1996 para reconhecer realizações significativas na arte contemporânea. Leigh recebeu um prêmio de de US$100,000 e uma exposição individual no Solomon R. Guggenheim Museum, em Nova York, que será inaugurada em abril de 2019.

Lançamento do catálogo “Isso é coisa de Preto – Arte, História e Memória”

O Museu Afro Brasil convida para o lançamento do catálogo "Isso é coisa de Preto - Arte, História e Memória", em celebração aos 130 anos da abolição da escravidão. O evento acontece às 11h, no dia 20/10, no próprio Museu, localizado no Parque Ibirapuera, em São Paulo. A exposição de mesmo nome segue em visitação até o dia 27 de outubro.

e-flux abre novo espaço em Nova York

A publicação online e-flux inaugura hoje, 18/10, às 17h, seu novo espaço, chamado Bar Laika, no Brooklyn, em Nova York. Projetado pelos arquitetos Nikolaus Hirsch e Michel Müller, Bar Laika foi concebido como um espaço local para o bairro e também extensão da comunidade artística. A comida fica por conta de Hsiao Chen, artista e chef de cozinha. O espaço prevê uma intensa agenda de exibições de filmes, palestras, debates e leitoras, organizada por Lily Lewis e Anton Vidokle.

Artistas

Marcela Tiboni

0

Alexandre Furcolin

0

Coletivo Lâmina

0

Daniele Queiroz

0

Renan Marcondes

0