A exposição “Portadores de sentido – Arte contemporânea na Colección Patricia Phelps de Cisneros” reúne 70 artistas de 16 países da América Latina e do Caribe, cujas obras foram adquiridas pela Colección Patricia Phelps de Cisneros (CPPC) entre 1990 e 2015. A exposição tem curadoria de Sofía Hernández Chong Cuy, ex-curadora de arte contemporânea da CPPC e diretora do Witte de With Contemporary Art Center em Roterdã, Holanda; Sara Meadows é a assistente curatorial desta mostra.

A premissa curatorial deste projeto centra-se nos diálogos entre a coleção de arte contemporânea e as outras áreas de pesquisa dentro da CPPC: arte moderna, arte colonial, artistas viajantes do século XIX e objetos etnográficos da bacia do rio Orinoco. Considerando os artistas contemporâneos como pensadores analíticos e sensíveis de seu ambiente que, juntamente com suas obras, são portadores de significado, Hernández Chong Cuy identificou quatro temas recorrentes para esta exposição:

  • Inserções: Teorias e métodos da etnografia
  • Excursões: Geografia e território
  • Ambientes concretos: O ambiente urbano
  • Mediações: O impacto social dos meios de comunicação de massa

 

Portadores de sentido – Arte Contemporânea na Colección Patricia Phelps de Cisneros
Curadoria: 
Sofía Hernández Chong Cuy
Abertura:
09/02/19
Visitação: até 22/07/19; quarta a segunda, 10h-18h; sábado até 21h
Museo Amparo: 2 Sur 708, Puebla. Ingressos: $35

Compartilhar