A polícia britânica foi acionada na semana passada para atender o roubo de uma obra de arte inusitada: o vaso sanitário de ouro maciço criado pelo artista italiano Maurizio Cattelan que estava em exposição no Blenheim Palace. A peça, que está avaliada em 5 milhões de dólares, foi levada por um grupo de criminosos que invadiu a propriedade e levou a obra na noite seguinte à abertura da mostra que contava com o trabalho – intitulado “America” (2016.

Os policiais confirmaram que os ladrões agiram na madrugada de sábado, 14/09, levando a privada dourada, sólida e funcional, que estava instalada dentro do banheiro usado no passado pelo primeiro ministro britânico Winston Churchill. Até o momento, apenas um indivíduo foi preso e a obra não foi recuperada.

Compartilhar