O Whitney Museum of American Art anunciou a aquisição da pintura American Totem (1960), uma das mais icônicas obras de Norman Lewis. O artista foi uma figura central no movimento do expressionismo abstrato que frequentemente era deixada de lado nas análises históricas. Foi um dos poucos artistas Afro-americanos envolvidos na New York School, e o único negro a participar das sessões fechadas promovidas por Willem de Kooning e Franz Kline. Esta é a primeira obra do artista comprada pelo museu.