#00Bienal de la Habana

#00Bienal de la Habana, Cuba

A primeira bienal independente de Cuba abre hoje (05/05) ao público. A #00Bienal de la Habana é a primeira bienal do país organizada de forma independente, sem apoio de nenhuma entidade estatal. O artista Luis Manuel Otero Alcantara e a curadora Yanelys Nuñez Leyva reuniram um time de artistas, críticos e curadores locais para planejar múltiplas exposições e debates, todos realizados nas casas e ateliês de artistas espalhados pela cidade de Havana.

O tema da mostra, “en cada estudio una bienal”, relembra de forma irônica o lema dos Comitês de Defesa da Revolução (CDR) – “En cada cuadra un comité, en cada barrio revolución”. Os CDRs são infames observadores a serviço da Segurança de Estados, e servem de mote para a #00Bienal em uma tentativa de usar a arte como força de revitalização da sociedade cubana.

Com o devastador furacão Irma, a 13a. Bienal de Havana foi adiada e reagendada apenas para 2019, criando um vácuo de 4 anos com a edição anterior (2015). Diante desse vazio na tradicional programação cultural de Cuba – o evento é uma vitrine para artistas, propiciando visibilidade, reconhecimento e até vendas – um grupo de artistas começou a organizar a #00Biennial, uma programação alternativa que não altera o cronograma oficial mas também não tem apoio e nem financiamento estatal.

São mais de 70 artistas do Brasil, Espanha, México, Colômbia, Estados Unidos, África do Sul, Alemanha, Romênia e Ucrânia participam da “bienal”, e seus nomes haviam sido mantidos em sigilo para evitar problemas com o visto de entrada que deve ser outorgado pelas autoridades cubanas. Além das exposições espalhadas pela cidade, a #00Bienal também organiza uma série de discussões e debates focadas nos desafios estéticos e políticos enfrentados pelos agentes independentes e artistas dentro e fora de Cuba.

Os organizadores da bienal oficial publicaram na última semana um comunicado condenando a realização do evento alternativo e advertindo que tentariam impedir a realização da exposição, em uma ameaça aos artistas e curadores.

#00Bienal de la Habana – en cada estudio una bienal
Abertura: 05/05
Visitação: até 15/05/18
Programação