A mistura do Brasil com o Egito chega definitivamente com “Desvairar 22” no Sesc Pinheiros

A exposição promete invocar o sonho e o desvario por meio de obras desde o Egito antigo até o Brasil contemporâneo

Lais Myrrha
“Estudo de caso Kama Sutra, 57”, 2021 – Lais Myrrha. Coleção da artista. Cortesia Galeria Millan

O que acontecia no ano de 1922 em paralelo com a Semana de Arte Moderna? A exposição Desvairar 22 chega ao Sesc Pinheiros no próximo sábado, dia 27, apresentando alguns dos acontecimentos que marcaram aquele ano, como o centenário da Declaração da Independência do Brasil, a Exposição Internacional do Centenário, a primeira transmissão de rádio no país e a descoberta da tumba do faraó Tutancâmon, além da própria Semana de 22. 

Sob a curadoria de Marta Mestre, Veronica Stigger e Eduardo Sterzi, a coletiva transita entre fatos e imaginação, exibindo mais de 270 itens de artes visuais, música, literatura e arquitetura, apresentados em quatro diferentes núcleos. 

“Rememorar, por meio de datas marcantes, acontecimentos de repercussão histórica pode possibilitar a identificação, por meio de novos olhares, de fricções e choques presentes em circuitos já desgastados, com reparações que só serão possíveis a partir do envolvimento da coletividade”, afirma Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo.

Denilson Baniwa
Cunhatain – Antropofagia musical, 2018 – Denilson Baniwa – Foto DuHarte

Os curadores explicam que há duas imagens fundamentais em torno das quais organizaram a mostra: os “índios errantes” e o Egito mítico. Segundo eles, a primeira se dá na contramão da idealização do indianismo romântico. “É menos a ‘Iracema’ de características europeias de Antônio Parreiras e mais o ‘Macunaíma’ revisitado por Fernando Lindote”, divulga a instituição. Sendo assim, a eposição traz obras de Anna Maria Maiolino, Hélio Oiticica, Lygia Pape, Paulo Nazareth, Regina Parra, Claudia Andujar, entre outros. Já a referência ao Egito se relaciona com a modernidade por meio do fato de que na época, com a invenção do turismo e da fotografia, houve uma redescoberta de interesse pelo país.

Depois de percorrer toda a exposição, o visitante pode encerrar a visita, na varanda ao ar livre e conhecer a instalação dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora, campeões pela Acadêmicos do Grande Rio neste ano. A obra Exunautas é uma remontagem de parte do carro alegórico que encerrou o desfile da escola de samba na Sapucaí. Ela traz sete esculturas que representam o orixá Exu e suas dimensões transformadoras.

Serviço

Desvairar 22

Local: Sesc Pinheiros

Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo, SP

Data: De 27 de agosto de 2022 a 15 de janeiro de 2023

Funcionamento: De terça a sábado, das 10h30 às 21h. Domingos e feriados, das 10h30 às 18h.

Ingresso: Grátis

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
pt_BR