Adriana Varejão

Victoria Miro, Veneza

A galeria Victoria Miro apresenta a exposição de novas obras da brasileira Adriana Varejão. A mostra traz pinturas inéditas das séries de “Saunas e banhos”, além de “Ruínas de Carne”, na sexta individual da artista realizada na galeria. Desde os anos 1990, Varejão vem explorando a associação entre azulejos e a carne, partindo da tradição decorativa do Brasil para examinar a confluência das culturas e tensões que ficam por trás dessa mistura: entre a beleza e a violência, a ordenação geométrica e o corpo visceral.

Nesta exposição na filial de Veneza da galeria, a artista apresenta pinturas que se referem a detalhes de banheiros públicos de Budapeste, além de piscinas abandonadas no Rio de Janeiro. Enquanto em pinturas anteriores da série de “Saunas” Varejão representava interiores azulejados idealizados, quase monocromáticos, esses novos trabalhos são evocações pictóricas de lugares existentes de bem estar, lazer e ablução. Lidando com questões como assepsia, as obras também se preocupam com a essência da pintura e aspiram a capturar a transparência da água e as modulações da luz em óleo sobre tela. As sutilezas da forma e da atmosfera nessas obras ressoam fortemente com a cidade de Veneza, onde liquidez e solidez estão em um frágil equilíbrio.

Adriana Varejão
Abertura: 14/07
Visitação: até 08/09/18; terça a sábado, 10h-13h/14h-18h
Victoria Miro Venice: Il Capricorno, San Marco 1994, 30124, Veneza. Entrada gratuita