A “Arte Degenerada” de Lasar Segall

Museu Lasar Segall, São Paulo

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

Organizada pelo Museu Lasar Segall em parceria com o MAC USP, esta mostra rememora a história de perseguição à arte moderna empreendida pelos nazistas e evidencia o impacto que suas ideias tiveram no Brasil a partir da trajetória de Lasar Segall (1891-1957). O artista teve cerca de 49 obras confiscadas pelo regime nazista e integrou a exposição “Arte Degenerada”, realizada em 1937 em Munique. Além disso, sofreu ataques da imprensa brasileira, que o acusava de produzir obras de características degeneradas e de ser um agente de desagregação da cultura local. A exposição é composta por dois segmentos: enquanto o primeiro inclui obras de Segall que estiveram entre aquelas confiscadas pela ação dos nazistas e documentação sobre a exposição de Munique, o segundo é dedicado às manifestações antifascistas que se realizaram no Brasil na década de 1940.

“A ‘Arte Degenerada’ de Lasar Segall”
Curadoria: Helouise Costa, Daniel Rincon
Visitação: até 30 de abril de 2018; quarta a segunda, 11h – 19h
Museu Lasar Segall: Rua Berta, 111, São Paulo. Entrada gratuita

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support