Arte Povera: a Creative Revolution

The State Hermitage Museum, São Petersburgo

O Hermitage State Museum, em São Petersburgo, apresenta a mostra “Arte Povera: a Creative Revolution”. A arte povera foi um movimento artístico originado na Itália entre o final dos anos 1960 e início dos 1970. Os artistas envolvidos no movimento buscavam rejeitar todos o progresso técnico que vinha consumindo a produção artística em favor de trabalhos feito à mão que renunciavam aos materiais industrializados e tecnológicos, empregando retalhos de tecido, jornais, galhos de árvore, terra, etc. O objetivo do grupo era livrar-se das amarras tradicionais da arte.

A exposição inclui obras de Giovanni Anselmo, Alighiero Boetti, Pier Paolo Calzolari, Jannis Kounellis, Giuseppe Penone, Michelangelo Pistoletto e outros membros destacados do movimento da arte povera. A expografia ocupa salas expositivas no segundo piso do palácio de inverno, contrastando os objetos precários e ‘simplistas’ com a fachada e a decoração exagerada do museu. São 57 peças e instalações escolhidas para celebrar este movimento artístico que influenciou profundamente os artistas contemporâneos.

Arte Povera: a Creative Revolution
Abertura:
17/05
Visitação: até 16/08/18; terça a domingo, 10h30-18h (quartas até 21h)
The State Hermitage Museum: 
2 Dvortsovaya Square, 190000 São Petersburgo, Rússia. Ingressos: 300 a 700 RUB.