Um abaixo-assinado em defesa da permanência do Museu de Arte do Rio – MAR já levantou mais de 30 mil assinaturas pela internet. Artistas, curadores, escritores, pensadores, pesquisadores, produtores, profissionais da arte e da cultura estão se organizando em um movimento de defesa do MAR, que passa por uma crise financeira e indefinições sobre seu futuro. O grupo “MAR Vive, MAR Aberto” também está convocando todos para um ato público que será realizado na próxima terça-feira, 26/11/19, às 15h, em frente ao Museu. No dia 19/11, o grupo enviou uma carta ao Secretário de Cultura do Rio de Janeiro, Adolfo Konder, solicitando que ele agendasse um encontro com representantes do movimento de apoio ao MAR com o Prefeito Marcelo Crivella. A comissão de representantes do movimento de apoio ao MAR que irá se reunir com o Prefeito, assim que o encontro for agendado, é formada por: Clarissa Diniz, Eliana Sousa Silva, Ernesto Neto, Heloísa Buarque de Hollanda, Mauricio Dias , Milton Guran, Paula Trope e Rosana Palazyan. Desde sua inauguração há seis anos, o MAR vem se tornando um dos museus mais visitados do país – tendo recebido mais de três milhões de visitantes. Além disso, o museu já organizou mais de 60 mostras, possui um setor educativo vivo e vibrante, além de oferecer regularmente cursos de formação para professores dos ensinos fundamental e médio. Por fim, mas não menos importante, o MAR construiu um acervo formidável, que consiste em mais de nove mil obras, com nomes emblemáticos da arte brasileira e estrangeira, estimado em 150 milhões de reais. Esta potente coleção, uma das mais importantes do país, foi construída em grande parte por doações realizadas por artistas, galeristas e colecionadores, que o fizeram pela confiança nas diretrizes da instituição.

Para assinar a petição de apoio ao museu, clique aqui! Para mais informações, acesse as páginas do grupo MAR Vive, MAR Aberto no Facebook e no Instagram.

Compartilhar