Brasília recebe exposição de Alex Vallauri em dose dupla

Projeto que visa resgatar e difundir a vida e a obra do artista pioneiro tem mostras na Galeria Index e no Museu Nacional da República; ambas podem ser vistas também em formato virtual

Tempo de leitura estimado: 2 minutos
Exposição montada no Museu Nacional da República. Foto de FrontFilmes

Pioneiro no Brasil, o artista Alex Vallauri é considerado um dos responsáveis pela inclusão do graffiti como uma linguagem artística no país. Nascido na Etiópia, ele chegou ao Brasil ainda adolescente, onde estudou comunicação visual, especializando-se em litografia e artes gráficas posteriormente na Suécia e nos EUA. Sua importância é agora resgatada em duas exposições que acontecem em Brasília, na Galeria Index e no Museu Nacional da República. As mostras buscam apresentar trabalhos bastante simbólicos da produção do artista, especialmente entre as décadas de 1970e 1980 e fazem parte do Projeto Vallauri.

Com curadoria de Fabricia Jordão, as mostras complementam uma a outra e, no momento, podem ser vistas por meio de viewing room no site da Index e presencial apenas na galeria, com agendamento. O Museu Nacional da República está temporariamente fechado por causa da pandemia, mas a previsão é que reabra neste mês de maio.

Alex Vallauri, Sem título (Frango Assado). Fotografia de Bruno Santiago

De acordo com a curadora, o projeto tem como objetivo pontuar temas que foram bastante latentes na vida e obra do artista, mas que eram muito pouco falados na época que ele atuou. A sexualidade e a marginalidade são alguns desses temas. Apesar do artista não militar explicitamente pelas causas LGBTQIA+, Vallauri era assumidamente homossexual e suas obras eram permeadas por essas questões. “As demandas atuais de homofobia e heteronorma tornam inevitável situar a obra de Vallauri como resultado de atravessamentos do universo gay e do homoerotismo”, ela comenta.

Os projetos expográficos das duas mostras em Brasília foram pensados de forma que contemplassem uma preocupação da Index, que tem tomado como um grande desafio a missão de disseminar a vida e obra de Vallauri pelo Brasil. Essa preocupação diz respeito a desenvolver um diálogo entre a obra do artista e o ambiente urbano, buscando aproximar-se do período no qual o artista realizava graffitis nas ruas de São Paulo. “A obra de Vallauri nos revela uma grande preocupação com o estudo da linguagem visual numa sociedade de consumo e como ela atingia o público. Para ele, o grafite era a forma mais eficaz da arte se aproximar do público, ou seja, os cidadãos transeuntes metropolitanos”, diz texto informativo sobre o projeto.

Projeto Vallauri
Data: data de encerramento ainda não divulgada.
Local: Galeria Index (sob agendamento via WhatsApp) e Museu Nacional da República (temporariamente fechado)
Mais informações: Whatsapp +55 61 99686 8213 ou contato@galeriaindex.com



Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support