Cozinha AQA: Ayrson Heráclito

Na semana passada, o Cozinha AQA trouxe uma versão do Cuscuz Paulista feita pela artista Paloma Bosquê. Hoje, vamos viajar para o nordeste e nos deliciaremos com uma sugestão muito baiana trazida por Ayrson Heráclito, nosso terceiro convidado desta seção!

Nascido no interior da Bahia, na cidade de Macaúbas, Ayrson mora e trabalha no estado até hoje, entre Salvador e Cachoeira, onde é professor de Artes Visuais na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. O artista trabalha com várias linguagens e tem na cultura afro-brasileira sua principal fonte.

É interessante ver que nos elementos que usa na criação de suas obras estão vários condimentos relacionados à culinária afro-brasileira, como a charque e o dendê.

Hoje, para o Cozinha AQA, ele escolheu propor a receita de Efó, uma comida típica que é considerada um suprassumo da culinária tradicional baiana. Segundo ele, “é um cortado de folhas de língua de vaca ou de mostarda”. E além dos ingredientes citados aqui, os africanos, na Bahia, empregavam ainda a folha de taioba.

Confira abaixo a receita!

Ingredientes:

6 maços de folhas de língua de vaca lavadas, aferventadas e picadas
3 xícaras (chá) de camarões secos, descascados
1 cebola grande3, cortadas em quartos
2 xícaras (chá) de água
1 1/2 xícaras (chá) de azeite de dendê
Sal a gosto
Pimenta malagueta seca à gosto.

Opcional:
1 xícara (chá) de amendoim torrado
1 xícara (chá) de castanha de caju torrada


Modo de preparo

Corte e pique as folhas.
Leve ao fogo a ferver com um pouco de água, até ficar bem macio.
Escorra a água, e esprema a massa de folhas, dali resultante.
Coloca-se em uma panela com os temperos: uma cebola, camarões, sal e uma pimenta malagueta seca.
Pile ou rale os temperos. Refogue os ingredientes com azeite de dendê e acrescente um pouco de água.
Ferva reduzindo até formar um pasta.