Carregando Eventos

« Todos Eventos

“NAOMI: In Fashion exhibition” no V&A Museum

22 junho, 2024 @ 10:00 6 abril, 2025 @ 17:30

Naomi Campbell. Imagem: Divulgação V&A Museum

NAOMI: In Fashion explora os 40 anos inigualáveis da carreira da modelo e ícone cultural Naomi Campbell. Após ser descoberta em Covent Garden aos 15 anos, Campbell rapidamente ganhou destaque na indústria e fez história alguns anos depois, aos 18, ao se tornar a primeira modelo negra a estampar a capa da Vogue Paris, em agosto de 1988.

Produzida em colaboração com Campbell e destacando sua voz e perspectiva, NAOMI: In Fashion é a primeira exposição a celebrar a habilidade e a contribuição de uma modelo individual para a indústria da moda. A exposição conta com o extenso guarda-roupa de alta-costura e prêt-à-porter de Campbell, incluindo peças de momentos-chave de sua carreira, além de empréstimos de arquivos de designers e objetos das coleções do V&A. Entrelaçado está o ativismo de Campbell, que desde cedo defendeu a equidade, juntando-se à Black Girls Coalition em 1989 e liderando a edição de 2007 da Vogue Itália, chamada “A Black Issue”, que clamava por diversidade nas passarelas.

Becoming Naomi

A exposição começa com clipes impactantes de Campbell na passarela, ilustrando seu lendário “andar”. A primeira seção, “Becoming Naomi”, explora a infância de Campbell e fundamenta seu sucesso posterior em seu treinamento inicial de dança. Nascida em 1970 no sul de Londres, ela aspirava a uma carreira no palco e se apresentou em videoclipes dos anos 1980 para artistas como Bob Marley e Culture Club. Sua vida mudou aos 15 anos, quando foi abordada pela agente de modelos Beth Boldt enquanto fazia compras com amigos da escola. Dois anos depois, ela estaria na capa da Vogue e desfilando para renomados designers em Londres, Paris, Milão e Nova York.

Supermodel

Campbell entrou na moda em um momento de mudança. No início dos anos 1990, o termo supermodelo – ou modelo que se tornou celebridade internacional – era amplamente usado em referência direta a Campbell e um pequeno grupo de colegas. A moda havia se tornado entretenimento de massa e Campbell estava no centro dessa emoção, sendo apoiada por designers líderes como John Galliano, Gianni Versace, Karl Lagerfeld, Vivienne Westwood e Yves Saint Laurent. Ela se tornou conhecida por sua presença superlativa na passarela, enquanto seu trabalho com fotógrafos de destaque criou algumas das imagens mais memoráveis da época. Simultaneamente, ela transcendeu o mundo da moda, atuando em videoclipes, lançando seu próprio perfume e se tornando uma defensora da diversidade.

Azzedine Alaïa

A próxima seção foca na relação pessoal e profissional de Campbell com o falecido designer Azzedine Alaïa, nascido na Tunísia e baseado em Paris, a quem ela conheceu durante seus primeiros dias em Paris e a quem chamou de “Papa”. Famoso por seus designs que acentuam as formas, Alaïa via o físico escultural de Campbell como “um corpo perfeito”, o que inspirou grande parte de seu trabalho. Juntos, criaram momentos mágicos na passarela e editoriais de destaque.

New York

Campbell se mudou para Nova York aos 17 anos, dividindo um apartamento com a colega modelo Christy Turlington antes de garantir seu próprio lugar na East 30th Street. Campbell mergulhou na vibrante cena da moda da cidade, forjando amizades duradouras com designers e outros da indústria, de Marc Jacobs a Anna Sui, relações que resistiriam ao teste do tempo.

The spotlight

Desde o início dos anos 1990, Campbell tem sido uma das modelos mais destacadas do mundo – e uma das mulheres negras mais reconhecidas – na televisão, nos celulares, em videoclipes e jornais. A seção “The spotlight” explora um momento biográfico muito divulgado quando Campbell cumpriu um período de serviço comunitário por ordem judicial. Em exibição está o vestido Dolce & Gabbana que Campbell usou em seu último dia de serviço comunitário – um look que ela vestiu em resposta aos paparazzi que capturavam sua chegada e partida todos os dias.

Exemplar

A próxima seção examina Naomi Campbell como um exemplo na área, focando em suas colaborações iniciais com casas de moda como Dolce & Gabbana, Vivienne Westwood e Jean Paul Gaultier. Formadas quando Campbell era jovem, essas conexões evoluíram para amizades colaborativas de décadas, com designers valorizando sua habilidade de glamourizar qualquer roupa e modelar os conjuntos mais difíceis com aparente facilidade.

Curada por Edward Enninful OBE, uma seleção de fotografias na exposição destaca a alquimia única de Campbell com a câmera. Apresentando trabalhos de fotógrafos mundialmente renomados como Steven Meisel, Arthur Elgort, Patrick Demarchelier e David Bailey, Campbell tem um profundo respeito por aqueles com quem trabalha, reconhecendo seu talento artístico e visão, e colaborando para alcançar a imagem que eles têm em mente.

Victoria and Albert Museum (V&A)

Cromwell Rd
Londres, Reino unido
+ Google Map
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support