Carregando Eventos

« Todos Eventos

“Só a arte toca as intocáveis verdades” no Espaço Cultural Municipal Sergio Porto

20 junho @ 11:00 21 julho @ 18:00

Detalhe da obra de Katia Politzer. Imagem: Divulgação

Katia Politizer, Laura Burnier, Marcelo Palmar Rezende, Mário Camargo, Rogério Miranda e Sandra Felzen convergem suas obras, em uma experiência que desafia os limites da percepção, indo além das barreiras do mundano, explorando o inexplorado e revelando as verdades que habitam dentro de nós e muitas vezes permanecem intocáveis. Eles estarão expondo seus trabalhos a partir do dia 20 de junho, na Galeria do Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, na coletiva “Só a arte toca as intocáveis verdades”. Em comum entre os seis renomados artistas visuais, a forte identidade e anos de pesquisa em suas respectivas áreas de produção artística. Estão sendo expostas pinturas e esculturas, além de uma instalação escultórica, totalizando cerca de 30 obras.

“Na imensidão de um espaço onde as paredes se tornam janelas para o mundo da expressão humana, a exposição ergue-se como um portal para a introspecção e a reflexão sobre a profunda relação entre a arte e a liberdade. Existe uma profunda relação entre a arte e a liberdade. Ser artista é um estado, cujo sentidos se valem e [se sobre compõem] de camadas técnicas, de formas e cores gerados, em uma dinâmica contemporânea que impõe um transbordamento de sensações, e que provoca um constante desabar de limites. Não é possível falar em criação artística sem falar em acaso. O acaso nada mas é que uma imagem recolhida no sub consciente do artista que, de forma involuntária, é despertada, e passa a incorporar a obra, se materializando.

Esse processo de criação só é possível quando transpomos nossos limites e permitimos que imagens intimamente guardadas passem a fazer parte do nosso trabalho.

Para avançar, precisamos muitas vezes dar um passo atrás e rever distancias já percorridas, movimento comum aos artistas visuais desta mostra, que entre si possuem diferenças nos territórios formais, de pesquisa e pensamento.

Esses limites, que nós propomos a derrubar, estimulam a criação de novas relações e significados entre as obras dessa exposição, revelando ainda novas percepções com o olhar do público que as observa”, afirma o curador, Mario Camargo.

Espaço Cultural Municipal Sergio Porto

Rua Humaitá, 163 – Humaitá
Rio de Janeiro, RJ Brasil
+ Google Map
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support