Exposição no Theatro Municipal conta com curadoria de Lilia Schwarz, Jaime Lauriano e Pedro Meira

Contramemória é uma exposição que relê e traduz criticamente o ambiente cultural da Semana de Arte Moderna de 1922

Tempo de leitura estimado: 2 minutos
Figura de Convite III, de Adriana Varejão

100 anos atrás, a Semana de Arte Moderna, realizada no Theatro Municipal de São Paulo, tinha a intenção de varrer o passadismo – combater o darwinismo racial ainda em voga, assim como o parnasianismo literário e o academicismo artístico. O grupo, formado majoritariamente por pessoas ligadas às elites do café, tinha trânsito na Europa e conhecia as vanguardas artísticas que por lá faziam sucesso. E trouxe para cá uma lufada de novidades – essa possibilidade de o país se “descatequizar” e se “abrasileirar”.

No entanto, passado um século, fica evidente o perfil de classe, gênero, sexo e raça que uniu os participantes, nesta que foi uma semana de arte moderna em São Paulo e não de São Paulo. 

Por isso, Contramemória é uma exposição com curadoria de Lilia Schwarcz, Jaime Lauriano e Pedro Meira Monteiro, que pretende reler e traduzir criticamente, para o contexto atual, o ambiente cultural modernista de 1922, ao mesmo tempo, que tem a intenção de produzir dissonância na ordem que parece imperar no prédio. 

Aproximadamente 117 obras, entre trabalhos de artistas negros, indígenas, trans, mulheres e de várias gerações, introduzem um sonoro ruído, por meio do contraste e da fricção que estabelecem com as esculturas acadêmicas, as pinturas de inspiração europeia e a arquitetura rebuscada. Estão presentes artistas como Ailton Krenak, Denilson Baniwa, Daiara Tukano, O Bastardo, Adriana Varejão, Raphael Escobar, Bertone Balduino, Ana Elisa Egreja, Lídia Lisbôa, Mídia Ninja e Val Souza ao lado de Anita Malfatti, Alfredo Volpi, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e Flávio de Carvalho, entre outros modernistas.

Faca na Caveira, de Marilia Furman

Visitação: 18 de abril até 05 de junho de 2022
Local: Theatro Municipal de São Paulo
Endereço: Praça Ramos de Azevedo s/n – República – São Paulo – SP
Funcionamento: De terça-feira a sexta-feira, das 11h às 17h e sábado e domingo, das 10h às 15h
Ingresso: Grátis

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support