A Couch in New York, de Chantal Akerman, 1996

Cansou da Netflix? Não se preocupe se você já estiver entediada nessa quarentena, pois temos uma boa notícia: a Fondazione Prada se uniu o canal MUBI para fazer uma seleção de filmes incríveis para você ver em streaming. O nome do “festival” de cinema já diz tudo: Perfect Failures mostrará filmes que foram amplamente mal compreendidos no época do lançamento original.  

Night Moves, de Kelly Reichardt, 2013

São filmes literalmente à frente do seu tempo: o festival mostrará, então, como cada produção cinematográfica teve bilheterias fracassadas;  críticas decepcionadas; uma produção difícil e sobrecarregada que resultou em divergências chocantes; ou os erros de diretores importantes. Tudo isso para provar que a recepção original de um filme não é a palavra final em seu verdadeiro valor, como aconteceu com esses filmes inicialmente recebidos com confusão, rejeição e repulsa.

Showgirls, de Paul Verhoeven, 1995

O projeto, que começa no dia 5 de abril, abrange uma vasta gama de possíveis filmes “decepcionantes”: da comédia de ficção científica anárquica dirigida por Richard Kelly (Southland Tales, 2016), ao melodrama antiquado e excêntrico realizado por Billy Wilder (Fedora,1978). A seleção também inclui a corajosa comédia de 1996 de Chantal Akerman (Un divan à New York , 1996) , o último filme de Charlie Chaplin (A Countess from Hong Kong, 1967), o drama americano dirigido por Kelly Reichardt  (Night Moves, 2013) e acusado de plágio, além do culto filme erótico de Paul Verhoeven (Showgirls, 1995). Vai perder?

Fedora, de Billy Wilder, 1978
(stills 11806) Marlon Brando with Sophia Loren
Showgirls, de Paul Verhoeven, 1995