Galeria Marília Razuk apresenta Projeto 4×5, que se desdobra por meio de módulos temáticos

Projeto terá quatro exposições coletivas divididas em eixos temáticos que dialogam com a trajetória de artistas célebres do acervo da galeria: Amilcar de Castro, Julio Plaza, Eleonore Koch e Leonilson

Tempo de leitura estimado: 3 minutos
Daniel Acosta, ESTIMADO SELVAGEM [ZEBRAS], 2010.

A Galeria Marilia Razuk, em São Paulo, acaba de inaugurar a primeira fase de sua nova iniciativa, o Projeto 4×5! Sob curadoria de Douglas de Freitas, este projeto consiste em quatro exposições que acontecerão ao longo deste ano e que serão desenvolvidas a partir de um eixo temático cada uma, em diálogo com célebres artistas do acervo da galeria. Os quatro eixos são Espaço, Projeto, Paisagem e Corpo, que conversam respectivamente com os trabalhos de Amilcar de Castro, Julio Plaza, Eleonore Koch e Leonilson.

Nas exposições, porém, que serão feitas em formato “módulo” e durarão cerca de 15 dias cada uma, estarão obras de dez artistas convidados e dez artistas representados pela galeria, escolhidos a partir das intersecções que suas produções compartilham com o eixo temático proposto. No dia 31 de julho foi aberta a primeira mostra (ou o primeiro módulo), intitulada Espaço. Todas as exposições poderão ser vistas tanto no espaço físico quanto na plataforma online de viewing room da galeria (a partir do 2º módulo).

Até o dia 20 de agosto, este módulo inicial apresentado propõe um diálogo a partir da trajetória de Amilcar de Castro, trazendo ao público uma seleção de obras dos artistas Ana Sario, Alexandre Canonico, Daniel Acosta e Hugo Frasa que se relacionam com a geometria neo-concretista do artista mineiro que teve seu centenário no ano passado. Como explica o curador: “As formas geométricas planas de Amilcar se abrem para o espaço a partir das suas operações, seja de corte e dobra, seja de deslocamento. Nesse sentido, os artistas participantes desse primeiro módulo, trabalham com a forma e suas possíveis relações com o espaço, seja o espaço real, da tela, ou ainda o mental. Assim planos constroem elementos no espaço, ou espaços se planificam nas obras”.

Ana Sario, Telhado principal A e B, 2016.

Em seguida, o segundo módulo apresentará, de 21 de agosto a 10 setembro, trabalhos de Ana Dias Batista, Froiid, Vanderlei Lopes e Raquel Gaberlotti a partir de uma abordagem da produção do espanhol Julio Plaza, em Projeto! Na sequência, entre 11 de setembro e 1 de outubro, Desali, Laura Belém, Mariana Serri e Rommulo Vieira Conceição serão os artistas que terão suas obras no módulo Paisagem, partindo do conjunto da alemã Eleonore Koch. Para finalizar o projeto, o quarto e último módulo, Corpo, se desenrola a partir do sensível e do autobiográfico presente em Leonilson, que desagua na exposição de obras de Adalgisa Campos, Amanda Melo da Mota, Lais Myrrha e Maria Laet, de 2 a 17 de outubro!

Projeto 4×5
Curadoria de Douglas de Freiras
Data: 31 de julho a 17 de outubro de 2021
Local: Online e presencialmente na Galeria Marília Razuk (Rua Jerônimo da Veiga, 131 Itaim Bibi – São Paulo)
Mais informações: https://galeriamariliarazuk.com.br/

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support