Gana terá pela primeira vez pavilhão na Bienal de Veneza

O pequeno país africano de Gana apresentará pela primeira um pavilhão nacional durante a 58a Bienal de Veneza, realizada entre maio e novembro deste ano de 2019. A iniciativa da realização do Pavilhão de Gana partiu do presidente do país, eleito em 2017. A exposição será chamada “Ghana Freedom”, e contará com os artistas Felicia Abban, John Akomfrah, El Anatsui, Ibrahim Mahama, Selasi Awusi Sosu e Lynette Yiadom-Boakye, alguns deles já participantes de outras edições da mostra na curadoria geral e/ou em outros pavilhões. Gana ocupará uma das salas da Artilharia, no Arsenale, com um projeto concebido por Sir David Adjaye OBE e assessoria de Okwui Enwezor, curador da 56a Bienal (2015).