Guy Brett: A Proximidade Crítica

MAM Rio

“Guy Brett: A Proximidade Crítica” é exposição tributo, homenagem e reconhecimento à longa dedicação intelectual e afetiva do crítico e curador inglês Guy Brett (1942) à arte brasileira, que promoveu como um admirador de artistas, principalmente, nos anos 1960. São expostas 36 obras de Antonio Manuel (1947), Waltercio Caldas (1946), Lygia Clark (1920 – 1988), Carla Guagliardi (1956), Jac Leirner (1961), Cildo Meireles (1948), Hélio Oiticica (1937 – 1980), Lygia Pape (1927 – 2004), Mira Schendel (1919 – 1988) e Tunga (1952 – 2016). A curadoria é de Paulo Venancio Filho, em colaboração com Luciano Figueiredo.

Aluísio Carvão, “Clarovermelho”, 1959. ©Espólio de Aluísio Carvão. Cortesia MAM Rio

“Guy Brett: A Proximidade Crítica”
Curadoria: Paulo Venancio Filho, Luciano Figueiredo
Abertura: 25 de novembro de 2017, sábado, 15h – 18h

Visitação: até 25 de março de 2018; terça a sexta, 12h – 18h; sábado, domingo e feriados, 11h – 18h
MAM Rio: Av. Infante Dom Henrique, 85, Rio de Janeiro. Ingressos: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia); aos domingos, ingresso-família para até 5 pessoas a R$ 14 por grupo; grátis às quartas