Haegue Yang: Tightrope Walking and Its Wordless Shadow

Triennale di Milano, Milão

A Triennale di Milano e a Fondazione Furla apresentam “Haegue Yang: Tightrope Walking and Its Wordless Shadow”, uma exposição com curadoria de Bruna Roccasalva, que marca a primeira mostra institucional individual da artista sul-coreana na Itália, explorando uma vasta variedade de suportes – colagem, vídeos, esculturas performativas e instalações de grande escala. A produção de Yang gira em torno de alusões e fluxos de visões que operam em uma tênue linha entre investigação social e história, vida pessoal e memória coletiva, imaginários rendidos e experiências potentes, nos quais objetos, figuras e lugares estão ligados de forma indissociável.

A exposição ocupa três salas da instituição, e também traz novas ambiciosas peças comissionadas especialmente para a ocasião. As obras enfatizam temas recorrentes na carreira da artista: abstração e geometria, movimento e performatividade, e a dinâmica de dobrar e desdobrar. Yang explora todos esses campos de maneira interdependente, com trabalhos desde os anos 2000. A mostra também revela seu profundo envolvimento com aquela parcela do que não é dito: uma urgência de criar uma linguagem cuja potencialidade se assimila a uma corda-bamba, sobre a qual cada movimento é dinâmico e carregado de tensão emocional e perceptual.

 

Haegue Yang: Tightrope Walking and Its Wordless Shadow
Visitação:
até 04/11/18; 
Triennale di Milano: Viale Alemagna, 6, Milão.