León Ferrari

Galeria Nara Roesler, São Paulo

León Ferrari, nome consagrado com o Leão de Ouro na Bienal de Veneza (2007) e
representado pela Galeria Nara Roesler no Brasil e no exterior, recebe a primeira
individual de grande alcance dentro de uma galeria, após a sua morte, em 2013. Com curadoria de Lisette Lagnado, a mostra panorâmica cobre quase meio século do
processo criativo do artista multimídia, ao reunir uma seleção de obras realizadas entre
1962 e 2009.

Segundo Lagnado, no universo contemporâneo das práticas artísticas, raros são os encontros com uma massa tão expressiva de escritos engajados. Ela destaca, ainda, que a figura pública do artista argentino tornou-se parte indissociável de sua extensa e multifacetada produção, a qual classifica como obsessiva, controversa e bem-humorada. Contudo, a curadora alerta sobre o conceito de ativismo, expresso em seus trabalhos. Para ela, essa fartura acabou revelando um aspecto pouco comentado até hoje, a característica, à primeira vista, antes iconófila do que iconoclasta. “Propõe-se aqui recuperar essa extensa iconografia, sem fazer tábula-rasa de sua aura artística nem religiosa, e sim jogar um olhar científico que possa extrair um sentido primitivo nas figuras retratadas. Não se trata de estabelecer um enfrentamento com a dimensão espiritual da religião, mas depreender o que “está sendo dado a ver”, a estrutura e morfologia de cada cena”, completa.

No dia do vernissage, às 19h, durante o Gallery Night, quando o circuito das galerias
funciona em horário estendido para receber o público, a galeria Nara Roesler oferece
uma visita guiada por Lisette Lagnado na exposição de León Ferrari. Para participar, o
interessado precisa antes confirmar presença por e-mail.

León Ferrari
Abertura: 10/04, 19h
Visitação: até 30/05/18; segunda a sexta, 10h-19h; sábado 11h-15h
Galeria Nara Roesler: Av. Europa, 655, São Paulo. Entrada gratuita