Lisson Gallery apresenta retrospectiva do trabalho de Hélio Oiticica

Exposição ressalta a grande influência do artista carioca no desenvolvimento da arte contemporânea internacional

Tempo de leitura estimado: 3 minutos
Na foto estão duas obras de Oiticica: Um Relevo Espacial de 1959-60 e o Penetrável Nas Quebradas de 1979. (Crédito: © Estate of Hélio Oiticica, Courtesy Lisson Gallery)

Pela primeira vez em 15 anos o trabalho do artista carioca Hélio Oiticica receberá uma retrospectiva em Londres. A exposição acontece na tradicional Lisson Gallery, que passou a representar mundialmente o espólio do artista em 2019, e conta com a curadoria de Ann Gallagher que também foi responsável pela exposição Hélio Oiticica: The Body of Colour, apresentada pelo museu Tate Modern em 2007. 

A exposição tem por objetivo não só colocar em destaque a produção artística de Oiticica mas também ressaltar a sua influência e colaboração para a arte contemporânea internacional. Para isso a mostra passa por diversos períodos da carreira de Oiticica, levando o visitante a conhecer sua obra por meio de um extenso e rico acervo. 

Metaesquema de 1958. (Crédito: © Estate of Hélio Oiticica, Courtesy Lisson Gallery)

Entre as obras apresentadas estão uma série das famosas Metaesquemas, entendidas como as células originais da obra do artista, por meio da qual ele começa a explorar as cores, as formas e o espaço culminando em criações tridimensionais. Está exposta também uma peça raramente exibida, pertencente à série de trabalhos tridimensionais Relevo Espacial, que permite que o visitante se mova em torno dela sendo capaz de estudá-la de diferentes pontos de vista e experienciar a sua presença física no espaço. 

B47 Bólide caixa 22 “Mergulho do Corpo” 1966-67. (Crédito: © Estate of Hélio Oiticica, Courtesy Lisson Gallery)

Outro importante momento da vida do artista estará representado pela exibição de uma coleção de Bólides, série de trabalhos do artista realizados a partir de 1963 e que marca um momento decisivo na carreira de Oiticica. Com esta série ele começou a envolver os espectadores em seu trabalho permitindo-lhes tocar e manipular suas obras transcendendo o limite do visual e transformando a relação entre espectador e objeto. 

B34 Bolide Bacia 01 1965-66. (Crédito: © Estate of Hélio Oiticica, Courtesy Lisson Gallery)

Há ainda no percurso a instalação Nas Quebradas, de 1979, uma intensa experiência multissensorial na qual o visitante é convidado a descobrir o trabalho entrando e andando dentro dele. Esta obra faz parte de uma série de trabalhos do artista conhecidos como Penetráveis, que implicaram uma enorme influência para as artes conceituais e são um dos primeiros exemplos de algo que hoje é amplamente difundido na arte contemporânea: as instalações. 

O legado de Hélio Oiticica para a arte contemporânea internacional é absolutamente indiscutível. Para quem estiver na cidade ou for passar pela capital inglesa nos próximos meses: parada obrigatória!

Serviço 

Hélio Oiticica

Local: Lisson Gallery 

Endereço: 27 Bell Street, Londres (Inglaterra)

Data: 26 de abril a 25 de junho de 2022

Funcionamento: Terça a sábado das 11h às 18h 

Ingresso: Grátis

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support