Livros AQA: Philip Guston – A Life Spent Painting

Visto como um volume definitivo sobre a vida e obra do artista, o livro por Robert Storr dá ao público uma análise substancial sobre Guston, mas também bastante acessível

Um panorama vasto da obra do artista canadense Philip Guston, o livro A Life In Painting, lançado no último setembro pela Laurence King, está sendo visto como a melhor fonte sobre o artista já realizada. Isso porque o volume bastante corpulento nos leva para passear com bastante organicidade de conteúdo por todas as fases do artista, desde quando, entre as décadas de 30 e 40, pintava murais calcados no realismo social e se debruçava sobre pinturas em cavalete.

Esta fase do artista que nos parece bastante “clássica” deu lugar para quando, entre 50 e 40, ele passou a trabalhar desenvolvendo pinturas expressionistas abstratas, seguindo de uma fase nas duas décadas posteriores na qual finalmente chegou à nova linguagem da pintura figurativa, pela qual ele é mais conhecido até hoje.

Para essa tour sobre a vida e a obra de Guston, o crítico e curador, Robert Storrm trabalhou com as mais de três décadas sua própria pesquisa sobre o artista, fazendo um verdadeiro mapeamento no que parece ser um livro definitivo, que brinda o público não só com uma análise substancial, mas também bastante acessível.

Além disso, o livro ainda reúne falas do próprio Guston sobre suas inspirações do Renascimento e sobre seus próprios trabalhos, nos dando uma visão também bastante íntima sobre a relação dele com a sua prática. Obrigatoriamente, como o volume definitivo que é, também estão compilados, em uma grande cronologia, fotografias, cartas, artigos, publicações e outras coisas que foram encontradas nos arquivos do artista e outras fontes que tiveram alguma relação próxima a Guston.



É desta forma que Robert Storrm faz mais do que apenas relatar, ele contextualiza a vida de Guston, abrindo as portas de um espectro a mais e detalhando a vida do artista em casa, no trabalho, com outros artistas e sua trajetória. São quase 900 imagens que ilustram o livro, contendo as principais obras dele e incluindo vários trabalhos, em pintura e desenho, inéditos.