Marcelo D´Salete – A história negra em quadrinhos

Museu Afro Brasil, São Paulo

Em celebração ao dia Nacional da Consciência negra, o Museu Afro Brasil apresenta a exposição “Marcelo D’Salete – a história negra em quadrinhos”. Quadrinista, ilustrador e professor, D´Salete, que recentemente conquistou a edição 2018 do prestigiado Eisner Awards, de melhor edição americana para uma publicação estrangeira – premiação obtida pela HQ Cumbe (2014) – livro que narra a resistência negra no Brasil colonial, apresenta em sua primeira exposição individual 40 pranchas originais dos desenhos produzidos para os livros Angola Janga (2017) e Cumbe.

Resultados de longa pesquisa – Angola Janga, por exemplo, consumiu 11 anos entre estudos e criação artística – ambas as publicações dialogam fortemente com a história de resistência à escravidão no Brasil pela ótica dos povos negros. “Os dramas dos quadrinhos de Marcelo d´Salete apresentam personagens e contextos resvalando ou mergulhando nas palhas da loucura, da doença, da paixão, da obsessão machista e das contradições dos envolvimentos afetivos e sexuais com brancos; gente bailando no passo de uma ética possível em ambiente escravista, tropicando nas tramas da revolta e se aprumando na coluna da vingança”, ressalta o escritor Allan da Rosa.

“Marcelo D´Salete – A história negra em quadrinhos” exibe ainda exemplares das edições estrangeiras de Cumbe, publicado em Portugal, Estados Unidos, França, Itália e Áustria. Também serão expostos os troféus Eisner Awards 2018, Prêmio Grampo 2018, HQMIX 2018 e o Jabuti 2018 (categoria História em Quadrinhos), estes três últimos conquistados pelo trabalho desenvolvido em Angola Janga.

Marcelo D´Salete – A história negra em quadrinhos
Abertura: 20/11, 11h.
Museu Afro Brasil: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, São Paulo. Ingressos: R$6.