Mark Dion: Theatre of the Natural World

Whitechapel Gallery, Londres

O artista norte-americano Mark Dion é também um explorador, colecionador, ativista e evocador de ambientes teatrais. Em seu ambicioso projeto Theatre of the Natural World, apresentado na Whitechapel Gallery, em Londres, viajou por florestas tropicais e vasculhou lixões para revelar as maravilhas e a fragilidade da vida na terra. Dion usa espécies – naturais e inventadas – para criar representações estranhamente familiares. Suas esculturas, instalações e desenhos lançam mão de procedimentos da investigação científica, da organização museológica e das técnicas de pesquisa da história natural. A mostra é uma viagem por trabalhos criados desde os anos 2000, e inicia-se pela inédita The Library for the Birds of London (2018), que dá continuidade à pesquisa com pássaros que Dion desenvolve desde 1993. O santuário abriga 22 passarinhos da espécie Mandarim, conhecidos por sua sociabilidade. Os visitantes são convidados a adentrar o aviário, centrado em torno de uma árvore, onde há mais de 600 livros de ornitologia, ecologia, literatura e ciências naturais. Já o Bureau for the Centre of the Study for Surrealism and its Legacy traz o fascínio por objetos obsoletos e um antigo gabinete ostenta dezenas de “tesouros” recolhidos nas margens do rio Tâmisa. Cada ambiente imersivo é um habitat único, evocando elementos que comentam, conservam ou exploram o mundo natural.

“Mark Dion: Theatre of the Natural World”
Visitação: 
Até 13 de maio; terça a domingo, 11h-18h (às quintas até às 21h)
Whitechapel Gallery: 77-82 Whitechapel High St, Londres; £12.95