Mauro Restiffe: São Paulo, fora de alcance

IMS Paulista, São Paulo

A filial paulistana do Instituto Moreira Salles inaugura no dia 14/04 a exposição: “São Paulo, fora de alcance”, do fotógrafo Mauro Restiffe. A mostra apresenta uma seleção das centenas de imagens produzidas por Restiffe em caminhadas diárias pela capital paulista. Com sua câmera Leica e o filme em preto e branco, o fotógrafo documentou desde o cotidiano dos moradores da cidade até fatos extraordinários, como o incêndio no Memorial da América Latina ou um dos vários protestos realizados em 2013.

No mesmo dia, a instituição também abree “Îles flottantes (Se Monet encontrasse Cézanne, em Montfavet)”, do escocês Douglas Gordon (que também conta com exposição individual em galeria na cidade). Essa videoinstalação foi exibida uma única vez em 2008, na exposição Où se trouvent les clefs? (Onde estão as chaves?), realizada na Coleção Lambert, em Avignon, no sul da França. A obra registra uma ação que o artista empreendeu na residência de Yvon Lambert, fundador da coleção. Ele inverteu o fluxo do sistema de canalização do local, inundando o seu jardim. No vídeo, a água se espalha, encobrindo progressivamente crânios humanos dispostos pelo artista no local.

Mauro Restiffe: São Paulo, fora de alcance
Curadoria: Thyago Nogueira 
+
Douglas Gordon: Îles flottantes (Se Monet encontrasse Cézanne, em Montfavet)
Curadoria: Lorenzo Mammì

Abertura: 14/04, 11h
Visitação: até 26 de agosto; terça a domingo, 10h-20h (nas quintas, até 22h)
IMS Paulista: Av. Paulista, 2424, São Paulo. Entrada gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *