Mercado de arte criptografada enlouquece com a venda de obras do net artist conhecido como Beeple

A arte digital mais cara da história ( até agora!) é uma resposta às eleições norte-americana

Everydays: The First 5000 Days
Everydays: The First 5000 Days

No dia 16 de fevereiro a  Christie’s anunciou que está entrando no mercado emergente de criptoarte com planos de oferecer uma obra de arte totalmente digital, tornando-se a primeira grande casa de leilões a oferecer uma peça desse tipo à venda. O trabalho em questão, conhecido como NFT (Non-Fungible Token), é de Beeple (a.k.a. Mike Winkelmann), um net artist e designer gráfico que acumulou um grande número de seguidores nas mídias sociais, produzindo projetos comerciais para estrelas pop e marcas como Louis Vuitton e Nike. 

A obra que seria vendida na Christie’s, intitulada Everydays: The First 5000 Days , é uma colagem digital que consiste em 5.000 imagens, uma feita a cada dia ao longo de 13 anos, de 2007 a 2021. A edição de Beeple é composta de desenhos em resposta a eventos atuais, incorporando cenas surreais de políticos como Donald Trump e Mao Zedung e desenhos animados com Pokémon e Mickey Mouse.

Everydays: The First 5000 Days
Fragmento de Everydays: The First 5000 Days

A arte criptográfica depende de tokens não fungíveis (NFTs), cuja transação e registro de propriedade são criptografados e, por isso, não podem ser duplicados. O presente trabalho existe como um arquivo criptografado e sua compra no final do leilão da Christie’s será registrada no blockchain.Em tempo:Blockchain é uma série de registros imutáveis de dados com registros de data e hora, gerenciados por um grupo de computadores que não possuem um controle centralizado. Cada bloco de dados (blocks – blocos) é protegido e conectado ao outro usando criptografia (chain – corrente).

Ao contrário da maioria das obras, que chegam à venda com um orçamento pré-determinado, o Everydays não tem faixa de preço: os lances começaram em US $100, em um leilão online, no dia 25 de fevereiro e termina dia 11 de março. E é claro que o mercado ficou maluco desde então. A estimativa era que a obra chegasse em 3, 5 milhões de dólares, mas no sábado, dia 27, os lances já haviam batido 3 milhões de dólares – ou seja: ela deve ser fechada por um valor mais alto. 

CROSSROADS, do net artist Beeple, foi vendida por 6,6 milhões de dólares
CROSSROADS, do net artist Beeple, foi vendida por 6,6 milhões de dólares

Façam suas apostas: 

Nesta segunda-feira,  dia 22 de fevereiro, poucos dias antes de uma peça do artista ser colocada à venda pela Christie’s, outra obra de Beeple foi vendida por US $6,6 milhões no Nifty Gateway, um mercado de criptomoeda online para arte digital. De acordo com o Nifty Gateway, isso torna a peça Beeple a obra digital mais cara já leiloada.

A obra vendida através do Nifty Gateway, intitulada CROSSROADS, foi projetada como uma resposta às eleições presidenciais de 2020. Dependendo do resultado da eleição, um dos dois vídeos – um apresentando um Trump vitorioso, o outro apresentando um desanimado – seria reproduzido. Como todas as peças de Beeple, CROSSROADS é um trabalho NFT – token não fungível – que é autenticado pela tecnologia blockchain.

A obra de arte consiste em um arquivo de imagem ou vídeo criptografado, acompanhado de uma assinatura digital que não pode ser duplicada, dando ao comprador a garantia de que sua compra é uma cópia autêntica. Dentro do mercado de arte criptográfica em rápido crescimento, poucos nomes são tão conhecidos como Beeple. Em dezembro de 2020, ele ganhou US $3,5 milhões em um único fim de semana. 

Cinco minutos após a abertura, o leilão no Nifty Gateway quebrou recordes de vendas de arte digital. Muitas das obras foram imediatamente revendidas a valores inflacionados – algumas por mais de 1.000 por cento de seu preço original. O interesse em NFTs disparou no ano passado, com mais de US $ 250 milhões em vendas, de acordo com o NFT Report 2020, que acompanha o valor do mercado.

O fervor pela venda de Everydays: The First 5000 Days na Christie’ s pode ser visto como prova da popularidade crescente do meio. Por meio dessas iniciativas baseadas em tecnologia, a Christie’s está medindo o interesse dos clientes existentes e potenciais no mercado nascente de obras digitais e compra de arte apoiada por blockchain.  Eles alegam que a próxima geração de colecionadores muito provavelmente estará interessada no assunto. Você também apostaria nessa?

Beeple
Fragmento de Everydays: The First 5000 Days