Mínimo, Múltiplo, Comum

Pina_Estação, São Paulo

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

A Pina_Estação apresenta a exposição “Mínimo, Múltiplo, Comum”. A mostra reúne obras de seis artistas de gerações e círculos culturais diferentes: Amadeo Lorenzato (1900-1995), Chen Kong Fang (1931-2012), Eleonore Koch (1926-), Marina Rheingantz (1983-), Patricia Leite (1955-) e Vânia Mignone (1967-). As pinturas selecionadas para a mostra caracterizam-se por figurações simples, planas e sintéticas, às vezes no limiar da abstração. Essas imagens reproduzem, no geral, cenas de solidão – pelo isolamento de seres e objetos, ou pelos espaços vazios, sem presença humana. Realizados a partir de 1960, os trabalhos compreendem, juntos, quase sete décadas de produção pictórica no Brasil, desde os vários momentos em que obras de Koch, Fang e Lorenzato foram tachadas de “primitivistas”, até hoje, quando o circuito de arte contemporânea valoriza e acolhe, muitas vezes sem mediações, obras de artistas antes considerados “populares”.

Mínimo, múltiplo, comum
Abertura: 19/05, 11h
Visitação: até 17/09/18; quarta a segunda, 10h-17h30
Pina_Estação: Largo General Osório, 66. Entrada gratuita
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support