Mistério sobre objeto achado em deserto em Utah adentra o mundo da arte

Usuários das redes começaram a levantar várias hipóteses sobre o que seria o objeto enigmático e tem até artista brasileiro entrando na brincadeira

Monolito de metal encontrado por bombeiros no deserto de Utah.

BBC, New York Times, CNN e outros renomados veículos de imprensa noticiaram nos últimos dias a descoberta de objeto muito misterioso no meio do deserto em Utah, nos Estados Unidos. O objeto não-identificado foi encontrado por bombeiros que passavam por um terreno rochoso e bastante escondido por ali e levantou uma série de suposições entre todos, que passaram a tentar adivinhar o que aquele monolito de metal significa!

É claro que depois que a notícia caiu na internet os usuários das redes sociais começaram a escavar os submundos das próprias imaginações, que cogitando até mesmo a presença de extraterrestres. Mas a suposição que parece ser a mais provável é que o mistério tenha sido plantado por algum artista e tem até brasileiro na brincadeira!

O artista brasileiro Marcelo Moscheta entrou na brincadeira de sugerir o que o objeto seria, já que as fotografias divulgadas parecem muito com sua série Positivo Singular, de 2015. O artista, que tem trabalhos muito vinculados à natureza (passando pela geologia e pela botânica), diz que resolveu se divertir com a história toda e publicou uma série de stories em sua conta no Instagram, comparando as peças e brincando com as hipóteses que vêm sendo sugeridas por aí.

Marcelo Moscheta, Positivo Singular, 2015

Para ele, que conta rindo que nunca foi pra Utah, essa semelhança levanta várias questões e tende a trazer discussões bastante importantes para o mundo das artes, como sobre o que são os arquétipos, a ideia de plágio, de obra original e até mesmo da existência de “espírito de uma época”, um “zeitgeist”. Houve até quem tenha ido reivindicar a autoria do mistério para ele nas redes sociais de veículos de imprensa, tamanha a coincidência das imagens!

Uma proposição é que seria protótipo utilizado no filme “2001: A Space Odyssey”, de Stanley Kubrick, que poderia ter sido esquecido por lá depois do término das gravações. Mas ninguém ainda reivindicou a autoria deste achado, que tem sido um prato cheio para quem adora passar um tempo na internet discutindo teorias da conspiração, ovnis e… agora… arte!

Still do filme “2001: A Space Odyssey”.

Outra hipótese, que parece ser a vencedora, é de que seria uma escultura de John McCracken instalada em forma de land art. O artista minimalista, que nasceu e viveu nas proximidades de Utah, faleceu em 2011. A Galeria David Zwirner, que o representa, foi pressionada durante os últimos dias para ajudar a desvendar o mistério e só hoje publicou em seu Instagram o que parece ser a resposta.

A postagem tem uma imagem dividida em duas partes: de um lado o monolito misterioso, do outro uma obra de McCracken instalada na galeria. A legenda é a seguinte: “O portal para Utah fica na sede da David Zwirner na 20th Street”.

John McCracken, Unconfirmed, 2008.