Morre o artista Carlos Cruz-Diez

Tempo de leitura estimado: < 1 minuto

O artista venezuelano Carlos Cruz-Diez, um dos mais importantes pioneiros da arte cinética, faleceu ontem (27/07), em Paris, aos 95 anos. Cruz-Diez alcançou renome internacional em 1965, quando realizou a exposição fundamental para os movimentos de vanguarda intitulada “The Responsive Eye”, com curadoria de William Seitz no Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York. A mostra criou um frenesi midiático sobre as inovações da abstração que desafiava a percepção, a OpArt e as obras que se moviam – cinéticas.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
pt_BR