Morre o artista Carlos Cruz-Diez

O artista venezuelano Carlos Cruz-Diez, um dos mais importantes pioneiros da arte cinética, faleceu ontem (27/07), em Paris, aos 95 anos. Cruz-Diez alcançou renome internacional em 1965, quando realizou a exposição fundamental para os movimentos de vanguarda intitulada “The Responsive Eye”, com curadoria de William Seitz no Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York. A mostra criou um frenesi midiático sobre as inovações da abstração que desafiava a percepção, a OpArt e as obras que se moviam – cinéticas.