O Museu Afro Brasil promove nos dias 28, 29 e 30 de novembro, o curso Quilombos e Campesinato Negro no Brasil, atividade que inaugura o Centro de Formação do Museu Afro Brasil (CEFAB). Ministrado por Flávio Gomes, professor e pesquisador da UFRJ, o curso se organizará em três encontros de três horas, sendo o último deles uma mesa redonda que contará com a participação de representantes de comunidades quilombolas.

Centrado na obra Mocambos e Quilombos (2015), os encontros oferecerão um panorama histórico sobre a formação dos quilombos e mocambos do Brasil, desde as primeiras notícias no século XVI até os quilombos tardios na véspera da Abolição, a partir da analise das economias camponesas, das formas culturais, das famílias, dos sistemas de defesa, da cultura material e imaterial, entre outros. Já na mesa redonda serão recuperados argumentos sobre a permanência dos quilombos no pós-emancipação e o surgimento ampliado de um campesinato negro nos séculos XX e XXI.

Quilombos e Campesinato Negro no Brasil é a atividade inaugural do CEFAB, centro que tem como proposta a formação e qualificação de leituras e debates sobre a cultura brasileira, a partir da promoção de cursos, palestras e seminários que abordem temas transversais ao Museu Afro Brasil. Para participar do curso basta inscrever-se em nosso site e realizar um investimento de R$45,00. Sócios, parceiros e estudantes possuem desconto.

Inscrições: Clique Aqui

Curso: Quilombos e Campesinato Negro no Brasil
Datas: 28 e 29/11, 14h-17h; 30/11, 10h-13h (mesa redonda)
Investimento: R$45,00
Museu Afro Brasil: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera – Portão 10, São Paulo.

Compartilhar