Museu de Arte Osório Cesar mostra trabalhos de pacientes do Hospital Psiquiátrico do Juquery

Instituição localizada em Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo, busca promover atividades que pontuem importância da arteterapia na saúde mental

Depois de passar por um período de restauração, que foi finalizado no final do ano passado, o Museu de Arte Osório Cesar, localizado na cidade de Franco da Rocha, em São Paulo, tem exposição de obras de seu acervo. Em sua coleção, a instituição tem mais de 8 mil pinturas, modelagens e desenhos criadas por pacientes que passaram pelo Hospital Psiquiátrico de Juquery e que foram preservadas ao longo dos anos pelo Núcleo de Acervos, Memórias e Cultura do Juquery. O espaço é gerido pela Secretaria Municipal da Cultura da cidade, que desenvolve também uma plataforma virtual gratuita para promover esse acervo e colocar luz sobre a importância da arteterapia na saúde mental.

Com a reforma, o imóvel que fica dentro de conjunto arquitetônico projetado por Ramos de Azevedo agora conta com uma sala de vídeo para sensibilização, sala de exposição de médio porte, três salas de exposição de pequeno porte, loja de conveniência, um café para frequentadores e uma área educativa. Nas palavras de Elielton Ribeiro, técnico em museologia da prefeitura de Franco da Rocha: “É interessante pensar que temos em nosso acervo produções artísticas que influenciaram a arte moderna brasileira. Artistas como Tarsila do Amaral e Flávio de Carvalho visitaram o Juquery e se inspiraram na construção de suas obras. Ao mesmo tempo que se trata de uma história local, se trata também da formação de arte brasileira, onde existe uma questão regional e nacional”.