Museu Judaico de São Paulo é inaugurado com 4 exposições

Fruto de uma mobilização da sociedade civil, após 20 anos de planejamento é inaugurado o Museu Judaico de São Paulo – MUJ no centro da cidade

Tempo de leitura estimado: 2 minutos
Museu Judaico de São Paulo
Museu Judaico de São Paulo

Com presença em solo brasileiro desde o século XVI, as narrativas judaicas no Brasil são extremamente diversas. A fim de contar histórias plurais judaicas conectando-as ao público brasileiro, é inaugurado o Museu Judaico de São Paulo – MUJ no antigo prédio do templo Beth-EL, uma das sinagogas mais antigas da cidade. Localizada no bairro da Bela Vista, o MUJ apresenta quatro exposições simultâneas, sendo duas de longa duração e duas temporárias, uma biblioteca com mais de mil livros para consulta e um café com comidas judaicas.

Museu Judaico de São Paulo
Museu Judaico de São Paulo

As exposições de longa duração A vida Judaica e Judeus no Brasil: histórias trançadas falam, respectivamente, sobre os rituais da vida judaico e as várias correntes migratórias dos judeus para o Brasil. Já as temporárias Inquisição e cristãos-novos no Brasil: 300 anos de resistência e Da Letra à Palavra discorrem, respectivamente, sobre a luta dos cristãos-novos para reconstruir suas vidas no país durante os 300 anos de vigência da Inquisição e a relação entre as arte visuais e a escrita.

Com destaque para Da Letra à Palavra, a exposição tem curadoria dos artistas Lena Bergstein e Sergio Fingermann e apresentam trabalhos de arte contemporânea de 32 artistas nacionais, dentre eles: Artur Bispo do Rosário, Beatriz Milhazes, Carmela Gross, Anna Maria Maiolino, Anna Bella Geiger, Arnaldo Antunes, Arthur Lescher, Carlos Vergara, Denilson Baniwa, Shirley Paes Leme e Paulo Pasta entre outros.

Anna Bella Geiger
Anna Bella Geiger

O MUJ tem como objetivo abordar a história e a memória judaica como fenômenos vivos, que costuram passado, presente e futuro. Concomitantemente, o museu se dedica a incentivar as produções artísticas contemporâneas. Segundo sua curadora, Ilana Feldman, este “não é apenas lugar de preservação e difusão, mas de produção de conhecimento e experiências, em conexão com o tempo presente“.

Museu Judaico de São Paulo – MUJ

Endereço: Rua Martinho Prado, 128, São Paulo

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support