Museu Judaico de São Paulo é inaugurado com 4 exposições

Fruto de uma mobilização da sociedade civil, após 20 anos de planejamento é inaugurado o Museu Judaico de São Paulo – MUJ no centro da cidade

Museu Judaico de São Paulo
Museu Judaico de São Paulo

Com presença em solo brasileiro desde o século XVI, as narrativas judaicas no Brasil são extremamente diversas. A fim de contar histórias plurais judaicas conectando-as ao público brasileiro, é inaugurado o Museu Judaico de São Paulo – MUJ no antigo prédio do templo Beth-EL, uma das sinagogas mais antigas da cidade. Localizada no bairro da Bela Vista, o MUJ apresenta quatro exposições simultâneas, sendo duas de longa duração e duas temporárias, uma biblioteca com mais de mil livros para consulta e um café com comidas judaicas.

Museu Judaico de São Paulo
Museu Judaico de São Paulo

As exposições de longa duração A vida Judaica e Judeus no Brasil: histórias trançadas falam, respectivamente, sobre os rituais da vida judaico e as várias correntes migratórias dos judeus para o Brasil. Já as temporárias Inquisição e cristãos-novos no Brasil: 300 anos de resistência e Da Letra à Palavra discorrem, respectivamente, sobre a luta dos cristãos-novos para reconstruir suas vidas no país durante os 300 anos de vigência da Inquisição e a relação entre as arte visuais e a escrita.

Com destaque para Da Letra à Palavra, a exposição tem curadoria dos artistas Lena Bergstein e Sergio Fingermann e apresentam trabalhos de arte contemporânea de 32 artistas nacionais, dentre eles: Artur Bispo do Rosário, Beatriz Milhazes, Carmela Gross, Anna Maria Maiolino, Anna Bella Geiger, Arnaldo Antunes, Arthur Lescher, Carlos Vergara, Denilson Baniwa, Shirley Paes Leme e Paulo Pasta entre outros.

Anna Bella Geiger
Anna Bella Geiger

O MUJ tem como objetivo abordar a história e a memória judaica como fenômenos vivos, que costuram passado, presente e futuro. Concomitantemente, o museu se dedica a incentivar as produções artísticas contemporâneas. Segundo sua curadora, Ilana Feldman, este “não é apenas lugar de preservação e difusão, mas de produção de conhecimento e experiências, em conexão com o tempo presente“.

Museu Judaico de São Paulo – MUJ

Endereço: Rua Martinho Prado, 128, São Paulo